Faça a melhor escolha hoje: Jesus.

Profecia de casamento?!

"E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos." Mateus 24:11
Muitas jovens cristãs tem o sonho de se casar com um homem de Deus, mas o que muitas não estão atentas são  àquelas pessoas que acham que podem usar o dom de Deus indevidamente.
Em alguns casos, não estão realmente usando um dom profético para falar a respeito do futuro do relacionamento de alguém, estão usando de engano e podem no fim destruir a vida de duas pessoas.
Quem nunca ouviu uma dessas ditas "profecias de casamento"? Quem se diz profeta, vem falando:"O Senhor está me mostrando algo sobre vocês dois com relação ao casamento..." e são muitas as jovens cristãs que caem nesta conversa.
Há quem diga que deixou de se casar com uma pessoa porque um "profeta" lhe disse que não era da vontade do Senhor! E se casando com outra que imaginava ser a pessoa que o Senhor lhe indicava através do tal profeta, se arrependeu da escolha que fez.
Vamos analisar em partes: Você acha que Deus usaria alguém para falar com você a respeito do seu futuro casamento com seu noivo através de terceiros? Você não acha que isso é algo muito particular? Por acaso, você já leu na palavra de Deus o Senhor impedindo alguém de se casar ou dizendo que a pessoa tinha que se casar com a outra, ainda que fosse contra sua própria vontade?
São perguntas, que se pensarmos bem a resposta está nos sinais. Isso mesmo, nos sinais que o rapaz passa para a moça durante o namoro e o noivado.
É isso que você tem que observar quando ainda for solteira e estiver em um relacionamento. Você só vai saber se o rapaz com quem você está se relacionando é o homem com quem deve se casar pelas atitudes dele. Veja se ele lhe respeita, se não é estúpido, se ele é dedicado à Deus, se gosta de trabalhar, e se suas intenções a seu respeito são para casamento e não para outra coisa.
Não se deixe enganar por pessoas que se dizem "usadas por Deus" e que podem fazer com que você tome a decisão errada e que pode lhe custar uma vida de sofrimentos.
Mais um detalhe: não confie no seu coração. O coração é enganoso e vive dirigido pelas emoções, só que emoções vem e vão. Num momento você pode estar apaixonada e meses depois não sentir mais a mesma paixão.
Talvez você se pergunte: se não posso confiar no meu coração e nem em pessoas que se dizem usadas por Deus querendo profetizar casamento para mim, em quem devo confiar? Confie inteiramente na palavra do Senhor, nela há todas as respostas que você precisa. Fique atenta ao comportamento do seu namorado ou noivo e peça direção exclusivamente do Senhor em oração. Avalie se os seus objetivos e os objetivos da pessoa com quem você se relaciona são os mesmos, de se casar, constituir família, seguir obedecendo a Deus. Se algum destes objetivos se contradiz, não ignore os sinais. Ignorar o que pode ser um sinal de alerta, é um risco para quem pretende viver casada até o fim com o homem que escolheu por marido.
Conhece alguma "profecia de casamento"? Já lhe disseram uma alguma vez? Conte pra nós!

Série: O discípulo e o crente - Parte 9

• O crente espera que alguém lhe diga o que fazer; o discípulo é solícito em assumir responsabilidades.
Você vive indecisa, nunca sabe o que fazer com respeito a fé? Muitas pessoas sofrem deste mal, vivendo uma fé com altos e baixos, sempre esperando que alguém lhes diga o que elas tem que fazer para resolver os seus problemas.
São crentes que com um empurrãozinho até avançam, mas sem a ajuda de alguém permanecem no mesmo lugar, estagnadas.
Quando o crente está em dificuldade, vai pedir ajuda na opinião de outras pessoas: "se você estivesse no meu lugar, o que você faria?" A pergunta geralmente é a mesma, e elas se vem numa situação de constante dúvida a respeito das próprias decisões. 
São crentes que nunca assumem responsabilidades na obra de Deus, pois há sempre um problema que as impede: o ciúme do marido que não quer que ela trabalhe na casa de Deus, o filho rebelde que faz bagunça se for levado à igreja, o cansaço físico, afinal ela trabalha fora e em casa e não tem muito tempo disponível para fazer algo para Deus no templo.
Sempre haverá um empecilho, quando na verdade o que falta é a iniciativa do crente de assumir uma posição de fé diante de Deus.
O discípulo é excelente em assumir responsabilidades. É dirigido por Deus, e por isso não se precipita, pois quando assume algo na casa do Senhor é porque o Senhor já falou com ele, lhe dando total apoio e condições de realizar o que está sendo pedido.
O discípulo tem um espírito voluntário para ajudar, não é preciso que lhe implorem ajuda, pois ele tem prazer de estender a mão.
Muitos crentes passam a vida toda esperando, e pensam que estão esperando no Senhor para realizar algo para Deus, quando na verdade estão em uma estação esperando um trem que já passou! O Senhor lhes solicita, indica o que quer que façam, e eles usam todas as desculpas possíveis, ou impõem condições: "eu faço, desde que alguém me diga tim tim por tim tim o que eu tenho que fazer!" Eles não são linha de frente, pois sabem que se algo der errado serão responsabilizados, e por isso preferem continuar nos bastidores.
Se você se comporta apenas como crente, não como uma discípula do Senhor, o que acha de sair de trás da cortina? O Senhor tem grandes coisas para quem se dispõe serví-lo sem desculpas. Passe a assumir o que o Senhor tem lhe entregue e confie plenamente Nele. "Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará." Salmo 37:5

Na próxima postagem da série O discípulo e o crente, veremos • O crente reclama e murmura; o discípulo obedece e nega-se a si mesmo.
Fique ligada!

Creia no milagre

Eu creio que em nome de Jesus, o Senhor faz milagres na minha vida e na sua hoje. Em nome de Jesus, eu recebo o milagre que o Senhor tem para mim e para a minha família. Receba você também. Nada impedirá o milagre de Deus em nossas vidas. Ter o temperamento transformado pelo poder de Deus é o milagre que muitos necessitam, se for o seu caso,  esforcesse para alcançar isso de Deus. Eu creio que verei a glória de Deus se manifestando na minha vida. Não fique só na espera do milagre, mas creia que ele já é seu em nome de Jesus.
"Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu que, se creres, verás a glória de Deus?" João 11:40

Ouça o louvor e Creia no milagre .

Coração apaixonado

"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" Jeremias 17:9
Você o viu, seu coração disparou, seus pés parecem que nem tocam o chão e você se sente flutuar cada vez que ele fala com você! Não há dúvidas, você está apaixonada!
Quantas de nós já não viveram essas sensações quando éramos solteiras! Você está apaixonada, e não escuta mais ninguém, somente a voz do coração.
A voz do coração? Cuidado. O coração não é o melhor conselheiro.
Aliás, coração não foi feito para dar conselhos, ele  somente sente com as emoções e é dirigido por elas.
Quantas jovens cristãs entram em um namoro depois de ouvir a voz do coração, e depois se arrependem. Não estavam atentas à voz de Deus, mas imaginaram que se o coração estivesse alegre e satisfeito, bastaria para se sentirem felizes e amadas. É uma emoção de pouca duração. Quando percebem que deram ouvidos à voz errada, já estão decepcionadas e desiludidas.
Mas afinal, se não se pode confiar na voz do coração, em quem você deve confiar para começar um namoro?
A resposta Deus lhe dá: "Clama a mim e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." Jeremias 33:3
Muitas jovens, quando se apaixonam não escutam mais ninguém. Passam a ser rebeldes com os pais, que melhor do que ninguém percebem quando a filha está se deixando enganar pelo próprio coração e pelo rapaz em questão.
O namoro é uma fase de preparação para a jovem cristã que pretende se casar. Namorar somente por namorar, porque todas as amigas tem um namorado não são os melhores motivos. Se você ainda é muito nova para namorar, porque ainda não tem maturidade para se casar, você pode se dedicar mais ao Senhor enquanto amadurece para um compromisso: "A mulher não casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas, tanto no corpo como no espírito." 1 Coríntios 7:34a
Não se engane com a voz do coração. A palavra de Deus diz que ele é enganoso. Quantas vezes você se apaixonou e disse que não viveria sem aquela pessoa até o dia em que ela disse que não lhe queria mais? Por acaso você morreu? Não! Mais uma vez seu coração se enganou e a enganou.
Se você precisa de conselhos a respeito de um relacionamento que pretende iniciar, não peça conselhos ao coração. Peça conselhos à Jesus, através da Sua Palavra, pois em Isaías 9:6 o Senhor diz que Ele é conselheiro.
Não comece um relacionamento somente porque seu coração bateu mais forte. O coração é cheio de emoções, ele pode bater mais forte quando você se apaixona, e também quando você se assusta!
Não se faça de surda aos conselhos dos seus pais e nem os despreze, eles querem o seu bem, e a filha obediente que honra os pais é abençoada por Deus também. Não pense que eles também não passaram por essas emoções. As pessoas envelhecem, mas as suas emoções não. "Ouve a teu pai, que te gerou; e não desprezes a tua mãe, quando ela envelhecer." Provérbios 23:22 
Para tomar uma decisão acertada, lembre-se que vale mais uma única palavra dita por Deus do que mil palavras faladas pelo coração.

Série: O discípulo e o crente - Parte 8


• O crente precisa ser sempre estimulado; o discípulo procura estimular os outros.
Algumas pessoas parecem nunca subir no patamar da fé. Estão sempre no primeiro degrau, de onde olham para cima, para aqueles que já avançaram pedindo ajuda.
Estão sempre magoadas com alguém:"ah, não vou mais à igreja porque o pastor me disse uma palavra muito dura, o obreiro não foi cordial comigo, estou triste e por isso vou ficar em casa!"
Pessoas assim, precisam ser continuamente estimuladas para não desistir de vez da fé. No lugar de crescerem na fé para ajudar aqueles que estão chegando à presença do Senhor recentemente e que realmente precisarão de apoio, passam todo o tempo desanimadas, caídas e se lamentando de sua sorte.
O discípulo por outro lado, mantém seus olhos fixos em Jesus, autor e consumador da sua fé, e desse modo vive fortalecido para enfrentar as circunstâncias da vida.
Ele está sempre pronto a consolar e estimular aqueles que vivem uma fé vacilante. Com todo carinho, através da palavra de Deus ensinam que o melhor é não ficar em cima do muro, mas se decidir a passar para o lado certo do muro onde está Jesus!
O discípulo ainda que seja ferido, não se deixa abater, pois conhece o Deus em quem confia. Mas o crente quando é atingido, chora, se lamenta e pergunta onde Deus estava que permitiu que tal coisa lhe acontecesse. Ele não vê que através de situações difíceis sua fé será moldada, ele vê apenas a dificuldade e se abate.
O apóstolo Paulo sabia como ninguém o que era ser abatido e ainda assim encontrar forças: "Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte." 2 Coríntios 12:10
Você pretende passar a vida toda como o crente, sempre precisando de ajuda na vida espiritual, ou vai se decidir a ser como o discípulo que é sustentado por Deus, e que por isso pode estender a mão a quem precisa de ajuda? Pense!

Na próxima postagem da série O discípulo e o crente, veremos • O crente espera que alguém lhe diga o que fazer; o discípulo é solícito em assumir responsabilidades.
Fique ligada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...