Faça a melhor escolha hoje: Jesus.

Busque a Deus

"Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto."Isaías 55:6
Qual a necessidade de se buscar à Deus no mundo em que vivemos?
Em Deus temos promessas que serão cumpridas se tivermos o coração firme Nele.
O Senhor diz em Isaías 48:18:"Ah! se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos! então seria a tua paz como o rio, e a tua justiça como as ondas do mar."
Vejamos a comparação ter paz como um rio. O rio corre para o mar, sempre de modo constante, não muda seu percurso, não se embaraça por obstáculos, mas segue normalmente até alcançar seu objetivo: o mar.
Assim é a paz daquele que busca e obedece à Deus. Segue constantemente tendo paz em si através da presença de Deus, não muda seu percurso por causa dos obstáculos porque conhece àquele em quem sua fé está firmada, não se desvia do seu objetivo que é buscar à Deus e alcançá-lo.
Quem busca à Deus não pode ser inconstante, mas firme em seu objetivo como diz em ICoríntios 15:58:"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor."
Buscar à Deus nunca será algo vão, mas de real proveito para nossa vida. 
Porém, de uma coisa não podemos nos esquecer: buscar à Deus não significa que nossos problemas serão todos resolvidos de uma única vez e que nossa vida será um mar de rosas. 
Em Mateus 11:28-30 Jesus nos afirma que temos Nele ajuda e apoio frente às dificuldades da vida:"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve."
Temos nossa parte à cumprir para obter a paz em Cristo:aprender com Jesus, que é manso e humilde de coração. Se não temos disposição para aprender com Ele, também não temos condições de desfrutar do seu descanso e ter o nosso fardo aliviado.
Podemos buscar à Deus sempre e em todo lugar. Buscar à Deus está intimamente ligado à nossa adoração. Em João 4:23 Jesus diz:"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem."
O Senhor também nos orienta a não deixar os locais de culto à Deus, a não nos ausentarmos do templo em Hebreus 10:25:"Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia."
Buscar à Deus deve se tornar um exercício de fé constante. O profeta Isaías mostra o desejo de buscar à Deus nestas palavras:"Com minha alma te desejei de noite, e com o meu espírito, que está dentro de mim, madrugarei a buscar-te; porque, havendo os teus juízos na terra, os moradores do mundo aprendem justiça."(Isaías 26:9) 
E em Provérbios 8:17 o próprio Senhor nos diz:"Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão."
Não espere o tempo passar. Busque ao Senhor enquanto você pode achá-lo, invoque-o enquanto Ele está perto. Lembre-se destas palavras:"Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido agravado, para não poder ouvir."(Isaías 59:1)
O próprio Senhor nos assegura:
"Porque, aquele que pede, recebe; e o que busca, encontra; e, ao que bate, se abre."(Mateus 7:8)
"E buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração."(Jeremias 29:13)


Oportunidade perdida ou não?

"Voltei-me, e vi debaixo do sol que não é dos ligeiros a carreira, nem dos fortes a batalha, nem tampouco dos sábios o pão, nem tampouco dos prudentes as riquezas, nem tampouco dos entendidos o favor, mas que o tempo e a oportunidade ocorrem a todos." Eclesiastes 9:11
Já perdeu a oportunidade de falar algo para alguém? E se eu lhe dissesse que na verdade a oportunidade não foi perdida, apenas adiada?
Temos o costume de dizer que perdemos a oportunidade de falar algo. Na verdade, é mais fácil dizer que perdemos a oportunidade de ficar calada quando falamos algo inconveniente, porque uma palavra dita não volta atrás. Uma vez que você tenha dito algo, não será possível dizer que você não falou.
O texto de Eclesiastes deixa claro que a oportunidade ocorre para todos. Se você não disse o que deveria ter sido dito na situação em que se encontrava, então na verdade você não perdeu a oportunidade. O que lhe aconteceu foi o fato de não ter dito a palavra naquela hora, o que não significa que nunca poderá ser dita.
Mas se você falou o que não deveria no momento errado, então nesse caso essa verdade não se aplica, e sua oportunidade de ficar em silêncio passou. "Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo." Provérbios 25:11
"O que guarda a sua boca conserva a sua alma, mas o que abre muito os seus lábios se destrói." Provérbios 13:3.
Considere se a oportunidade que você teve foi afinal perdida ou não.
Sempre que falar algo inconveniente, lembre-se que a resposta é "sim", você perdeu uma oportunidade de ficar calada. "Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano." Salmo 34:13
E quando tiver a oportunidade de falar algo bom, que vai ser de ajuda para quem ouve e você não falar, a oportunidade não foi perdida, apenas adiada. Se apresse o quanto antes para falar o que foi adiado.


Dominando o pensamento

"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai."(Filipenses 4:8)
Nossos pensamentos regem nossas atitudes. Através do pensamento,
formulamos planos, idealizamos objetivos, estabelecemos metas. É nossa planilha, de onde sairão as idéias que originarão nossas atitudes futuras. É importante manter o pensamento purificado, para que nossas atitudes não sejam ruins.
A palavra de Deus nos orienta a pensar naquilo que é verdadeiro, honesto e justo. Porque perderíamos tempo pensando em mentiras? Que proveito teríamos? Simplesmente, nenhum. Ao contrário, se pensarmos em mentiras, coisas desonestas e injustas corremos o risco de envenenar nossos próprios pensamentos, reagindo de forma agressiva. "O Senhor conhece os pensamentos do homem, que são vaidade."(Salmo 94:11)
Aquele que polui sua mente pensando em impurezas, em coisas ruins, aos poucos terá seu comportamento alterado por conta de suas próprias idéias.
Em Provérbios 23:7a diz:"Porque ele é tal quais são os seus pensamentos." Em traduções mais atualizadas da Bíblia encontramos também o mesmo versículo descrito desta forma:"Porque, como imaginou na sua alma, assim é."
Você pode dizer que você é do modo que são seus pensamentos? Já parou para pensar nas coisas que você anda pensando? E como tem sido suas atitudes desde que você passou a pensar desse modo?
Em Colossenses 3:2 diz:"Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra." Essa orientação serve não para nos alienar e nos tornar alheios à nossa realidade. Mas para nos fazer almejar algo mais alto, que não perece e que não terá fim como nossa vida na terra.
"Aquele que vem de cima é sobre todos...Aquele que vem do céu é sobre todos."(João 3:31a, c) O Senhor Jesus é sobre todos e está acima de todos. É Nele em quem devemos pensar!
O Senhor conhece nossos pensamentos:"Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse:Porque pensais mal em vossos corações?"(Mateus 9:4)
Deus pode realizar muito mais do que pedimos ou pensamos:"Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém."(Efésios 3:20,21)
Deus é conhecedor de tudo, até dos nossos pensamentos, sejam eles bons ou ruins. Pensamentos de revolta trazem atitudes de revolta, assim como pensamentos de paz trazem atitudes de paz. "Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis: antes o seu entendimento e consciência estão contaminados."(Tito 1:15) Não vamos deixar nosso pensamento se contaminar, porque desse modo nossa consciência e entendimento se corrompem.
Você pode escolher o que quer pensar. Não é preciso levar adiante pensamentos ruins. Se você percebe que está pensando coisas que irão revoltá-lo, amargurá-lo, mude o pensamento. "Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar."(Isaías 55:7)
Estes são os pensamentos de Deus:"Porque eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais."(Jeremias 29:11) "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos."(Isaías 55:8a)
Pergunte a si mesmo: O que eu tenho pensado ultimamente é verdadeiro? É honesto? É justo? É puro? É amável? É de boa fama? Tem alguma virtude? É algo louvável? Se a resposta for não, mude o pensamento.
Mudar de pensamento é um princípio para se mudar de atitude.
Pense nisso!


A escolha é sua

"Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e o mal." Deuteronômio 30:15
O que mais fazemos durante todo o percurso de nossa vida são escolhas. Escolhemos qual carreira seguir, quem serão nossos amigos, com quem queremos nos casar.
O Senhor também coloca diante de nós uma proposta para que tenhamos a liberdade de escolher.
O que muitas pessoas não percebem é que o que vivem hoje é fruto de suas escolhas. Encontramos sempre algumas delas se queixando e dizendo:"minha vida está assim e a culpa não é minha!" 
Afinal, quem vive a sua vida então? Cada um é responsável por suas próprias atitudes.
É uma atitude defensiva colocar sempre a culpa em cima de alguém quando não queremos na verdade admitir que erramos em nossa escolha, e que nossa vida não está do jeito que planejamos porque deixamos as rédeas nas mãos de outros para nos guiar.Mas a liberdade de escolha é sua: vida ou morte.
A morte pode não significar a morte física, mas o esmorecimento de seu ânimo e de seus sonhos por causa de uma má escolha.
Então, o que fazer se sabemos que nossa escolha nos levou por caminhos tortuosos? O primeiro passo é não colocar a culpa em ninguém, mas reconhecer que somos os responsáveis pelo que está acontecendo.
Quando culpamos alguém por algo que é de nossa responsabilidade, nos colocamos no papel de vítimas.
A vítima é sempre aquela que independente de sua vontade, é envolvida em uma situação que a prejudica.
Será que não é esse o papel que você gostaria de ter, somente de vítima? A vítima demonstra fraqueza e passividade.
Não seja vítima de si mesma! Reconheça que suas escolhas a levaram até onde você está hoje, mas que não é preciso continuar na mesma situação que você se encontra, você tem o poder da escolha, e o Senhor coloca diante de você duas opções: a vida (o bem), a morte (e o mal).
Dentro de uma situação ruim podemos aprender muitas lições, como por exemplo não repetir os mesmos erros. Já é um passo para o crescimento, para sair do papel de eterna vítima e se tornar responsável por suas escolhas.
Escolha ser responsável pelo que faz, escolha o bem. Porque quando escolhemos o mal e as coisas não vão bem, a culpa nesse caso não é das outras pessoas.
Não somos marionetes nas mãos de ninguém, mas também não podemos admitir que nossas más escolhas nos descontrolem.
Fique com essa reflexão e faça a sua escolha.

O elogio e o orgulho

"Louve-te o estranho, e não a tua boca, o estrangeiro e não os teus lábios." Provérbios 27:2
Já percebeu que quando comentamos sobre a vida de alguém, temos o costume de destacar seus defeitos e quando comentamos à alguém sobre nós mesmos falamos mais de nossas qualidades?
É muito fácil analisar os erros alheios porque o vemos em outra perspectiva, por fora. Em I Samuel 16:7b diz:"...o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração."
Pior que falar dos defeitos alheios, é estar sempre exaltando as próprias qualidades, o que soa de modo arrogante para aquele que ouve. E João 7:18a diz:"Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória."
Em Gálatas 6:3 somos alertados sobre o orgulho próprio e o engano que ele pode produzir:"Porque, se alguém cuida ser alguma coisa não sendo nada, engana-se a si mesmo.
O homem de coração orgulhoso se recusa a perceber que na verdade não é tudo aquilo que pensa de si mesmo. Em Tiago 4:6b diz:"Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes."
O soberbo, orgulhoso, devido à sua visão de engrandecimento próprio não tem a humildade para perceber que não é tal como pensa.
Em Provérbios 25:27 a palavra de Deus diz:"Comer muito mel não é bom; assim a investigação da própria glória não é glória." Mas porque não é considerada glória quando exaltamos a nós mesmos??? Porque é muito fácil ter os defeitos encobertos pelo orgulho e as qualidades exaltadas pela falta de humildade!
Em Mateus 6:1-18 temos um texto excelente retratando o comportamento orgulhoso quando se faz algum benefício para alguém. Vou destacar alguns pontos deste texto: dar esmola publicamente (beneficiar alguém materialmente e sair espalhando para todos!), mostrar à todos que você ora e jejua (e que por esses motivos você é extremamente espiritual!).
O conselho que encontramos neste texto é referente à discrição. Ser discreto e não sair contando para todos que você é uma pessoa muito boa e generosa (realmente vai soar de modo orgulhoso seu auto-elogio). O Senhor ainda nos diz que a mão esquerda não saiba o que faz a direita, que não saiamos "tocando trombeta" quando fizermos o bem, porque aquele que faz o bem secretamente, o Senhor o recompensará publicamente.(Mateus 6:3,4)
Quantas vezes somos surpreendidos por elogios? Pessoas vem à nós agradecerem por algo que fizemos e nos sentimos lisonjeados por termos sido reconhecidos, e isso publicamente!
Aqueles que tem o costume de contar as próprias glórias por ajudar as pessoas não tem o mesmo prazer daqueles que são reconhecidos. Aquele que reconhece a si mesmo como "o bom" não espera o elogio, antes, se auto-elogia, se exalta e não percebe que desse modo impede que os outros o vejam de modo diferente.
O conselho de Deus é para nos guardar do orgulho:"E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado."(Mateus 23:12)
Da próxima vez que sentir o desejo de sair contando para todos de modo exaltado o que o torna alguém tão "bom, generoso e humilde", lembre-se do prazer de ser reconhecido por outras pessoas sem ter que primeiramente contar suas próprias glórias!

Quando a esposa é prudente

"E era o nome deste homem Nabal, e o nome de sua mulher Abigail; e era a mulher de bom entendimento e formosa; porém o homem era duro, e maligno nas obras, e era da casa de Calebe." 1 Samuel 25:3
Vemos na história de Abigail a realidade de muitas mulheres de Deus: uma esposa prudente e fiel à Deus e um esposo mal.
Abigail era uma mulher que amava o Senhor, e apesar de ser casada com um homem que não servia à Deus, isso não a desviou do seu propósito de servir à Deus em seu casamento.
Ela era misericórdiosa, apesar de seu esposo não ser o melhor marido do mundo, e com sua prudência salvou seu esposo de ser morto, por ter ignorado o rei Davi.
O rei Davi enviou servos para saudar Nabal:"E assim direis àquele próspero: Paz tenhas, e que a tua casa tenha paz, e tudo o que tens tenha paz!" 1Samuel 25:6 A intenção do rei Davi era fazer amizade e conseguir algum favor da parte de Nabal, o que seria para Nabal uma honra saber que um rei lhe solicitava, sabendo que ele era um homem de muitas posses.
Mas Nabal era mal, e não quis saber de amizade com o rei dizendo: "E Nabal respondeu aos criados de Davi, e disse: Quem é Davi, e quem é o filho de Jessé? Muitos servos há hoje, que fogem ao seu senhor.Tomaria eu, pois, o meu pão, e a minha água, e a carne das minhas reses que degolei para os meus tosquiadores, e o daria a homens que eu não sei donde vêm?" 1Samuel 25:10,11
Nabal não se interessou nem mesmo em saber quem era o rei, e o rei Davi, indignado pela recusa planejou acabar com Nabal e com todos os seus.
É nesse ponto que entra Abigail, a esposa prudente que intercede pelo esposo.
"A casa e os bens são herança dos pais; porém do SENHOR vem a esposa prudente." Provérbios 19:14
Avisada pelos seus servos do que Davi faria pela ignorância de Nabal, Abigail foi à presença do rei se humilhar, presenteando aos servos do rei e lhe pedindo que não levasse em conta o comportamento de seu esposo, mas que o poupasse.
Parece difícil para algumas mulheres terem a mesma atitude que Abigail, quando o esposo é mal e não serve à Deus. Mas esposos assim, são os que mais necessitam de uma esposa intercessora.
Por causa do coração endurecido, muitos esposos não percebem o quanto estão sendo maus, e como sua atitude pode levar a sua casa à ruína.
A esposa prudente deve confiar no Senhor de todo o coração, e agir na força de Deus para interceder por seu esposo:"Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos." Romanos 15:1
Um esposo na situação como a de Nabal precisa de ajuda, e a esposa o ajudará não agradando a si mesma, pois nesses casos é comum a esposa ficar amargurada desejando que ele receba o troco por suas más atitudes.
Ela será mais bem sucedida intercedendo por ele, orando à Deus e dando um bom exemplo de mulher e esposa do que o abandonando. "E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe." 1Coríntios 7:13
A esposa pode ganhar seu esposo para o Senhor mesmo sem falar nada, apenas com suas atitudes:"Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres." 1Pedro 3:1
Mas a submissão não significa nesse caso que se o esposo influencia a esposa para fazer o mal ela deve obedecer. A obediência da mulher de Deus deve ser primeiramente ao Senhor, para não pecar e assim dar um bom testemunho como uma mulher prudente.
Abigail com sua atitude livrou Nabal da morte, e a sua prudência pode salvar seu esposo de muitos males. Seja prudente, obediente ao Senhor que no tempo certo lhe recompensará.
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...