Faça a melhor escolha hoje: Jesus.

Breve Jesus voltará

"E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do Homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima." Lucas 21:25-28

Quem sou eu?

"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz." 1 Pedro 2:8
Já lhe disseram que você não é ninguém? Que você não é nada? E você acreditou?
Palavras assim tem o poder de nos ferir, de nos magoar. Mas elas não correspondem à verdade. O Senhor nos diz nessas situações:"Eu, eu sou aquele que vos consola; quem, pois, és tu para que temas o homem que é mortal, ou o filho do homem, que se tornará em erva?" Isaías 51:12
Em Jesus, nós somos alguém. E não somos de pouco valor, porque o Senhor nos comprou com seu próprio sangue.
Quando alguém tentar lhe fazer acreditar que você não é ninguém, lembre-se da palavra de Deus. Lembre-se do que ela fala a seu respeito. Vamos ver em partes quem somos nós para o Senhor:
*Geração eleita- o Senhor nos elegeu para ser seu povo, você é escolhida e eleita do Pai!
*Sacerdócio real- somos sacerdotes, que se oferecem em louvor daquele que é Rei dos Reis, e devemos nos santificar cada dia mais para permanecermos servindo com excelência o Santo dos Santos, Jesus!
*Nação santa- você faz parte da nação que se santifica para estar mais perto de Deus:"Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação." 1 Tessalonicenses 4:7
*Povo adquirido- somos um povo que teve um preço, e o preço foi pago por Jesus na cruz, por isso não somos de pouco valor, não por nossos méritos, mas por Aquele que nos amou e pagou um preço de sangue por nossas vidas.
Percebe como o inimigo tenta nos enganar dizendo que não somos ninguém, usando pessoas que vem nos desanimar e nos tirar da posição que o Senhor tem nos colocado?
Da próxima vez que lhe disserem que você não é ninguém, lembre-se do que o Senhor já lhe disse, lembre-se de quem você é em Cristo.
Como somos alguém para o Senhor, temos também algo a realizar: "anunciar as virtudes daquele que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz".
Está em nossas mãos anunciar o poder de Deus, pois Ele nos tirou das trevas da ignorância e do pecado. O que antes não conhecíamos, agora através da luz da palavra de Deus conhecemos e vemos.
Nunca mais permita que lhe digam que você não é ninguém, essa voz não é a voz de Deus, mas do inimigo. Rejeite o que ele diz, e aceite de coração o que Senhor tem lhe dito a respeito de quem você é.

Pare de cavar poços!

"Porque dois males cometeu o meu povo: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas." Jeremias 2:13
Existe coisa pior na vida de um cristão do que deixar o seu Senhor? Infelizmente, esta é a realidade de muitos.
A grande maioria, vai embora da presença do Senhor iludida por uma promessa de prazer e paz, se esquecendo que a verdadeira paz se encontra em Jesus.
Em meio as tribulações, não percebem que estão na verdade sendo provados e aprendendo o que será útil para suas vidas. As tribulações não são realmente algo agradável a se passar, mas quando olhamos para trás, vemos o quanto crescemos e aprendemos espiritualmente.
Muitos cristãos prefeririam não ter que crescer na fé, não ser provados, não sofrer tribulação. Acreditam que vivendo sempre em conforto e alegria estarão preparados para qualquer situação.
Quando alguém se afasta do Senhor, sai em busca de outras alternativas. O povo de Deus descrito no texto de Jeremias fez exatamente a mesma coisa. Era como se tivessem desprezado o manancial, a fonte de água viva que é o próprio Deus, para cavar um poço em busca de água, só que nem mesmo o poço que cavaram retinha a água que tanto queriam.
Pare de cavar poços. O seu poço pode até parecer ter água o suficiente para saciar sua sede, até que você perceba que esta mesma água na qual você está confiando está escoando e secando completamente.
Quando se conhece a fonte de água viva, não é possível que um poço  que nem mesmo retem a água possa lhe saciar! 
Não fique imaginando que depois de conhecer o amor de Deus, qualquer outro amor possa substituí-lo.
Por mais que você tente se enganar, no fundo você sabe que nada é comparável ao amor de Deus.
Trocar a fonte de água viva por um poço é na verdade uma troca que não faz o menor sentido! É trocar o certo pelo duvidoso.
Alguns cristãos vão se afastando aos poucos do Senhor, sem nem mesmo perceber, quando se dão conta, já estão tentando resolver a vida por seus próprios meios. Seguindo cada um seu próprio caminho, uma hora descobrem que estão na verdade desorientados e sedentos, pois o poço no qual confiaram não foi o suficiente saciá-los.
Em que poço você tem depositado sua confiança? Acredita que este poço terá água o suficiente? E se o poço secar?
O nosso Deus é uma fonte de água viva, que não se esgota. Se você se voltar para Ele hoje, hoje mesmo Ele pode saciar a sua alma.
Não se engane com o poço que você mesmo cavou. Seu poço pode secar, e você ainda corre o risco de pensar que cavando outro poço vai resolver o seu problema. E de poço em poço, a única coisa que vai perceber e que um dia a água acaba, mais cedo ou mais tarde, ela acaba.
Vá direto a fonte de águas vivas, que não se esgota. Você não vai precisar nem mesmo cavar para se saciar!
Confie na promessa de Jesus para todos aqueles que bebem da sua fonte:"Aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna." (João 4:14) 

Atenta aos detalhes

"Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos." Lucas 19:42
O Senhor Jesus quando viu Jerusalém, chorou sobre a cidade, porque apesar de Ele, sendo o Filho de Deus estar ali em pessoa se apresentando diante do povo como Salvador, não foi reconhecido como tal.
O povo daquela época não estava atento aos detalhes daquele que viria para salvá-los e lhes apresentar o reino de Deus.
"E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação." Lucas 19:44
Infelizmente, eles não reconheceram mesmo o modo maravilhoso que Deus os estava visitando através de Seu Filho Jesus.
Isso acontece conosco também, quando não estamos atentas aos detalhes. O Senhor fala uma vez, fala novamente e não estamos atentas. O momento da sua visitação de bênção vem, passa e não recebemos porque nem ao menos estávamos nos preparando para receber o que Ele tem para nós.
Nos comportamos como se nada percebessemos:"Quem é cego, senão o meu servo, ou surdo como o meu mensageiro, a quem envio? E quem é cego como o que é perfeito, e cego como o servo do SENHOR?" Isaías 42:19
Se não estamos atentas aos pequenos detalhes, podemos não perceber à chegada de uma grande bênção!
Muitas jovens solteiras oram à Deus por um esposo, e o Senhor lhes concede o desejo do seus corações. É o tempo da visitação de Deus à respeito do que aquela jovem pede. Assim que se casa, ela começa a encontrar somente defeitos no marido, ao ponto de dizer que não era isso o que ela esperava e que  por esse motivo, não quer mais permanecer casada!
Nesse caso, ela orou, pediu e foi respondida, mas rejeitou o que recebeu, afinal já que a jovem que ora não é perfeita, não pode esperar que seu esposo seja também!
Assim se comportou o povo de Jerusalém: aguardavam o Salvador, sabiam que Ele viria, e quando Ele veio o rejeitaram. Eles não estavam atentos aos detalhes. O Senhor veio assim como diziam as Escrituras, e nem mesmo assim eles creram.
Não permita que a bênção que o Senhor tem a lhe entregar passe de você! Se você tem orado, clamado, fique atenta aos detalhes. 
Diga para o Senhor:"Que não passe de mim o tempo da Tua visitação." 
O Senhor responde à quem clama. O Senhor nos responde de vários modos: se você está procurando emprego em determinada área e for chamada para a entrevista, fique atenta à resposta de Deus, se está orando pela conversão de um familiar ou amigo, fique atenta ao mover de Deus na vida dessa pessoa, se está em meio a uma dificuldade e alguém lhe estende a mão, abra os olhos, pois pode ser que o Senhor esteja tocando este alguém para te abençoar.
O nosso Deus nunca falha, fique atenta aos detalhes e receba o que o Senhor tem preparado para você:"Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam." 1 Coríntios 2:9


Uma casa para Deus

"Não darei sono aos meus olhos, nem repouso às minhas pálpebras, enquanto não achar lugar para o Senhor." Salmo 132:4,5a
O salmista Davi tinha uma preocupação: encontrar um lugar para Deus, onde Deus se fizesse presente ao povo. Naquele tempo, a presença de Deus era representada por uma arca, e onde ela estivesse, ali estaria o Senhor.
Hoje em dia, como cristãos, sabemos que Deus faz morada em nós. Nós somos a sua casa, o templo do Espírito Santo:"Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?" (ICoríntios 6:19).
Davi se preocupava em encontrar um lugar para Deus, e hoje, como temos tratado a casa que temos para que Deus more nela?
Como esperamos que Deus faça morada em nós, se o que lhe oferecemos mais parece uma choupana abandonada?
Nem sempre estamos dispostos a trabalhar para manter uma casa agradável para morada de Deus. Esta casa, (que somos nós mesmos) se organiza com oração, jejum, leitura da Palavra de Deus, com a alegria do Senhor em nossa vida, com o contato direto com Jesus em todos os momentos do dia, com o compartilhamento de bênçãos com aqueles com quem convivemos.
Há muitos templos vazios de alegria, de esperança porque deixaram a amargura e a raiva ganharem espaço. Não tiveram o cuidado de varrer o lixo para fora, de abrir as janelas para a luz de Deus entrar, e quando se deram conta, o lugar já parecia inabitável e escuro.
Davi não descansou até que achou um lugar para Deus, e você, o que tem feito a este respeito?  Está apenas descansando e deixando sua casa espiritual se tornar uma bagunça?
Faça como Davi, não descanse enquanto não encontrar em você mesmo o lugar agradável para Deus morar!
Gostamos de receber bênçãos, mas até mesmo para recebê-las devemos nos preparar. Quando estamos aguardando uma visita, fazemos o melhor, arrumamos tudo em seu devido lugar e abrimos a porta com um sorriso.
E porque não fazer o mesmo para Deus? 
Talvez alguém possa dizer: "mas porque Deus iria querer morar em mim? Meu coração é mal e não consigo ser fiel!"
Apenas permita que Deus more em você, só Ele pode lhe dar um novo coração:"E lhes darei um mesmo coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne." (Ezequiel 11:19)
Seja você uma casa favorita para Deus, onde Ele tem prazer em morar!

Comporte-se como alguém da sua idade!

"Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino." 1 Coríntios 13:11
Já notou que há pessoas que não importa quanto tempo passe ou quantos anos tenham, estão constantemente se comportando de modo infantil?
Fazem birra, ficam sem conversar, fingem indiferença ou se tornam o centro das atenções para conseguir o que querem.
Há muitos casamentos prejudicados pela infantilidade seja do marido, como da mulher. O marido, no intuito de forçar a esposa a obedecê-lo, se comporta de modo infantil, como se fosse uma criança que necessita o tempo todo do cuidado da mãe, está sempre pedindo, choramingando por atenção e fazendo com que a esposa faça coisas que ele mesmo pode fazer!
A esposa infantil se usa da arma das emoções para controlar o marido, sendo sempre muito sensível e chorona, pensando que assim conseguirá os seus objetivos.
Tanto um quanto o outro estão se comportando de modo infantil, trazendo para o casamento uma idade cronológica que não lhes cabe mais, pois como adultos se comportarem desse modo é inaceitável.
O apóstolo Paulo fala muito claramente na carta aos Coríntios que quando ele era menino, se comportava como um menino, mas assim que cresceu e se fez homem, deixou de ser menino.
Há adultos que não deixam de ser meninos e por isso trazem grandes complicações ao casamento. Pois quando um é maduro e o outro é infantil, há um desequilíbrio  no relacionamento.
Há esposas que se comportam como meninas mimadas, e quando o marido não supre todos os seus mimos, elas tem as mesmas atitudes de uma menina birrenta: cara amarrada, choro, isolamento.
Os maridos infantis não ficam atrás, e aplicam a lei do silêncio, respondendo em monossílabas:"tá, não, é, sei, hum!"
Quanto tempo dura toda essa infantilidade? O tempo que conseguem suportar se comportando como se tivessem uma idade que não tem mais!
Se não gosta de algo que seu esposo faz, seja franca e converse com ele, não aplique a lei do silêncio ou do castigo deixando de fazer algo por ele para puní-lo. E o marido que se desagrada de algum aspecto no caráter da esposa terá grandes benefícios lhe contando o que o incomoda, pois se comportando como criança só vai piorar as coisas.
Aos casais que tem filhos, lembrem-se que as crianças repetem as atitudes dos pais e tendem a ter o mesmo comportamento que viram dentro de casa quando formarem um lar.
Você não é mais criança, então não tem porque ter um comportamento infantil e imaturo em seu casamento.
Se você costuma ter esse comportamento, comporte-se como alguém da sua idade! 

Resultado do sorteio do livro Mulheres Que Edificam

E a sorteada do livro Mulheres Que Edificam da escritora Adriana de Paula foi:


Parabéns!

Serei salvo se eu for bonzinho?

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus, Não vem das obras, para que ninguém se glorie." Efésios 2:8,9
No imaginário popular, circula a idéia de que aquele que faz caridade, que é bom com todos tem um lugar reservado no céu.
Poderia até parecer justo este pensamento, não fosse o fato de Jesus ter nos aberto os olhos a este respeito.
A Palavra de Deus afirma que a salvação é pela graça. E o que é a graça afinal? É o favor imerecido da parte de Deus para nós.
Neste caso, não há nada que possamos fazer para ganhar a salvação, ela nos é oferecida gratuitamente pelo Pai, e somente através das mãos de Jesus podemos recebê-la, Ele tem em suas mãos a salvação.
Ele mesmo afirma:"Ninguém vem ao Pai, senão por mim." (João 14:6b)
Quanto as boas obras, ninguém será salvo por fazê-las. Na verdade, as boas obras apenas moldam em nós um melhor caráter, mas não tem o poder de nos assegurar um lugar no reino de Deus.
Aquele que é nascido de Deus naturalmente pratica boas obras, pois para isso Deus as criou, para que andássemos nelas. (Efésios 2:10)
Ninguém poderá dizer diante de Deus que se salvou por ter sido bonzinho em vida. A salvação não vem pelas obras para que ninguém se exalte. (Efésios 2:9)
O caminho da salvação é um só: JESUS. Ele é o caminho e a porta por onde entramos e há salvação:"Em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas." (João 10:7)
"Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores." (I Timóteo 1:15a)Seja salvo através de Jesus.



Mulher rixosa: um problema no lar

"Toda a mulher sábia edifica a sua casa: mas a tola derruba-a com as suas mãos."Provérbios 14:1 
Com o decorrer da vida, nos deparamos com vários tipos de mulheres. Sejam elas nossa mãe, irmã, tia, professora, amiga de escola. Em cada mulher há uma personalidade única e especial.
A mulher é diferente do homem tanto fisicamente quanto sentimentalmente, vendo muitas vezes o lado mais emocional das situações que a razão.Nas mãos da mulher Deus entregou uma responsabilidade: edificar a própria casa. Mas o que seria afinal edificar?
A palavra nos remete ao sentido de construir. Esta é a responsabilidade da mulher perante o casamento e a família: construir um lar harmonioso, onde seja agradáve de se viver.
Nem todas as mulheres tem a virtude da mulher sábia, que edifica sua casa. Muitas mulheres, por conta de sua própria tolice podem levar um lar à ruína.
A Bíblia relata o caso da mulher rixosa, a mulher que vive murmurando constantemente, brigando, está sempre irritada e irritando toda a família. A mulher que age deste modo desestrutura a harmonia do lar, tornando-o um lugar insuportável. Seu esposo não tem prazer de estar em casa, nem seus filhos, porque sabem que serão atormentados por aquela que deveria recebê-los com amor.
Em Provérbios 27:15 lemos:"O gotejar contínuo no dia de grande chuva, e a mulher rixosa, uma e outra são semelhantes." Assim é comparada a mulher rixosa, como algo muito incômodo.
A mulher rixosa torna-se tão desagradável para àqueles com quem convive, que sua presença torna-se um verdadeiro estorvo, sendo preferível qualquer outra coisa que viver com uma mulher assim:"Melhor é morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e iracunda." (Provérbios 21:19)
"Melhor é morar a um canto de umas águas-furtadas, do que com a mulher rixosa numa casa ampla."(Provérbios 25:24) Morar num canto de águas-furtadas é o mesmo que viver num canto onde há somente um telhadinho!
Se você se identificou com a mulher rixosa, ainda há uma solução! Nunca é tarde para mudar de atitude.
No capítulo 31 de Provérbios vemos as qualidades da mulher virtuosa, que trabalha em prol de uma boa convivência no lar com seu esposo, filhos, no trabalho, com os empregados, em todas as áreas da vida.
A respeito do tratamento da mulher virtuosa com o marido, lemos em Provérbios 31:12:"Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida."
O que você tem feito com seu próprio lar? Como você tem tratado a responsabilidade que lhe foi confiada por Deus? Tem se tornado uma mulher com as características da mulher rixosa, que torna o lar um lugar insuportável de se viver, ou tem se esforçado para trazer alegria aos seus mais chegados, que convivem com você diariamente?
A Bíblia nos faz uma pergunta e nos mostra o valor da mulher:"Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede o de rubis." (Provérbios 31:10)
Não siga o caminho da mulher rixosa, pois ela se enquadra no papel da mulher tola, capaz de destruir o próprio lar.
Seja uma mulher preciosa para o seu lar, para o seu esposo e filhos, para todos que a rodeiam e Deus irá abençoar sua vida e a vida daqueles com quem você convive.



Cuidado com o que fala!

"Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?" Tiago 3:11
Neste texto bíblico, o Senhor nos alerta a respeito dos males que uma língua indisciplinada pode causar.
A princípio, o Senhor começa nos alertando que muitos de nós não sejamos mestres, porque aquele que é mestre deve primeiramente ter domínio sobre aquilo que fala e ensina, sabendo que haverá um juízo a respeito daquilo que ensinam, e duro será esse juízo. O Senhor nos mostra a bem aventurança daquele que não se assenta na roda dos escarnecedores, por isso devemos ter domínio sobre a nossa língua e sobre o que proferimos para não desagradar à Deus.(Tg 3:1, Sl 1:1)
Devemos nos lembrar que tropeçamos em muitas coisas, pois não somos perfeitos, mas ainda assim o Senhor nos convida a sermos santos como Ele é Santo, ser santo em toda nossa maneira de viver. Em Hebreus 12:14 o Senhor nos manda seguir a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. O que falamos também se enquadra neste versículo, lembremos que não podemos nos enganar, pois as más conversações corrompem os bons costumes.(I Co 15:33)Pode não ser possível que consigamos controlar completamente a língua para não pecar com palavras, e no livro de Tiago diz que o homem que conseguir refrear a própria língua então é perfeito e capaz de controlar todo seu corpo.(Tg 3:2)
Um exemplo básico é o cavalo: com um freio na boca todo seu corpo pode ser controlado. O freio na boca controla a direção que seu corpo vai tomar quando estiver à galope. Assim o cristão que refrear a sua língua evitará tomar a direção errada.(Tg 3:3)
Outro exemplo é o leme das embarcações: é muito pequeno comparado com o tamanho de um navio, mas ele o controla. (Tg 3:4)
Há diversos conselhos a respeito do falar na palavra de Deus: "O que guarda a sua boca conserva a sua alma" (Pv 13:3a), "do fruto da boca cada um comerá o bem" (Pv 13:2a). Através das nossas palavras podemos complicar nossa vida!
A língua é comparada ao fogo que queima um bosque. Ela é pequena comparada aos outros membros do nosso corpo, mas tem poder para transtornar o meio que nos rodeia. O Senhor ainda nos alerta que uma língua maldosa é inflamada pelo inferno, ou seja, o diabo se esconde atrás da disposição de maldizer constantemente. Acaba tornando-se um vício falar mal da vida alheia, maldizer o que temos, maldizer até mesmo o que não é nosso.(Tg 3:5,6)
A língua possui veneno mortal. Com ela tanto abençoamos quanto amaldiçoamos aqueles que foram também criados à imagem de Deus, e por nossas palavras podemos matar. É um mal que não se pode refrear sem a ajuda de Deus. Não é do agrado do Senhor que seus servos falem mal uns dos outros, amaldiçoem e em seguida falem bem e bendigam. Deus não se agrada de comportamentos dobres no tocante ao falar. Isso demonstra hipocrisia de nossa parte e falta de domínio próprio.
Tudo o que falamos procede do nosso coração. Um coração cheio de males irá proferir coisas desagradáveis, sendo necessário a obra de conversão. Em Mateus 15:18 e 19 vemos que o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem, porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.
Um coração pecaminoso não pode proferir palavras abençoadoras. Nesse caso, quando examinamos a nós mesmos, devemos prestar muita atenção ao que falamos, comentamos e passamos adiante. Está sendo edificante para a vida de alguém? O que eu digo faz diferença para a vida das pessoas? É necessário fazer tal tipo de comentário sabendo que vai gerar fofoca e discórdia?
Aquele que prega a palavra deve estar bem atento aos que a ouvem, lembrando também que aquilo que ele disser lhe será cobrado em juízo.
É necessário pedir sempre sabedoria da parte de Deus, seja para pregar ou somente para conversar. As nossas conversações devem ser edificantes para aqueles que ouvem, não sendo regada a fofocas, discussões e falsos testemunhos. Quantos estragos um falso testemunho pode provocar, ou um fato não confirmado que é repassado com rapidez como se fosse verdade!
O cristão deve se esforçar e lembrar que nosso Senhor é a Verdade, e aqueles que o servem devem andar também na verdade e falar a verdade.
Aquele que é sábio deve demonstrá-lo através de suas obras em mansidão de sabedoria e pelo bom trato.(Tg 3:13).
A sabedoria humana é competitiva, nada comparada à sabedoria do alto que é pura, pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e sem hipocrisia.(Tg 3:17)
O tipo de sabedoria onde há divisão, inveja e contenda não vem de Deus, é terrena, animal e diabólica. Aquele que diz ter sabedoria mas é cheio de orgulho não está apto a ensinar com humildade, porque seu comportamento não é do agrado de Deus. Vemos muito orgulho em alguns cristãos que se gabam de orar muitas horas por dia, de ler a Bíblia completamente todo ano. Desse modo acabam desenvolvendo um tipo de competição para mostrar que são mais espirituais e sábios, o que desagrada a Deus, pois aquele que serve a Deus deve primeiramente ser humilde e aprender com Jesus, que é manso e humilde de coração.(Mt 11:29)
Quando Jesus orava ao Pai, o fazia em secreto porque sabia que o Senhor o abençoaria, não saia orgulhosamente publicando quantas horas por dia estava diante de Deus!(Mt 6:6)
Aquele que anda na presença de Deus é reconhecido por suas atitudes, porém o coração desviado facilmente delatará sua má conduta.
O Senhor nos convida a exercitar a paz (Tg 3:18). Através da vigilância das nossas palavras isso é possível.
Se aquilo que vamos dizer não será bênção sobre a vida daquele que vai ouvir, é melhor calar. E aos que pregam a palavra de Deus, o Senhor lhes diz: Quem fez a boca do homem?Não sou eu, o Senhor? Vai pois agora, e eu serei com a tua boca, e te ensinarei o que hás de falar. (Êx 4:11a,12).


O luto

"Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete, porque ali se vê o fim de todos os homens, e os vivos o aplicam ao seu coração." Eclesiastes 7:2
Um dos momentos mais difíceis das nossas vidas, é ter que encarar a morte de algum amigo ou familiar muito próximo.
Até mesmo numa situação como essa, em que pensamos que Deus não tem nada a nos dizer, por ser uma situação que foge ao nosso entendimento em alguns casos, Ele tem algo a nos mostrar.
Na palavra de Deus, diz que é melhor ir há uma casa onde há luto do que em uma casa onde há um banquete. Mas porque? Será que não é tão mais gostoso estar no meio da festa, sorrindo com todos, nos divertindo?
Na verdade, não há mal algum no divertimento, mas há um porém: estar sempre distraída em divertimentos nos tira do foco principal, que é a análise da nossa própria vida e atitudes.
Muitas pessoas usam o divertimento simplesmente para se desligar dos próprios conflitos. Vivem de festa em festa, sem pensar o que será de suas vidas diante de Deus quando chegar a hora delas se apresentarem diante do Senhor. Para dizer a verdade, elas nem ao menos pensam nisso, vivem como se a vida não fosse nunca acabar!
Outras pessoas se entregam aos vícios, (bebidas, drogas, jogos virtuais, pornografia, consumismo, etc) e assim vão vivendo praticamente no piloto automático. Elas não percebem o que estão fazendo das próprias vidas, e não pretendem tomar nenhuma atitude para mudar.
A morte de alguém próximo é como um baque. Paramos e começamos a pensar não somente na pessoa que faleceu e em tudo o que ela fez na vida, mas com a notícia da morte de alguém, temos a capacidade de olhar para dentro de nós mesmas e analisar que vida estamos vivendo.
Quando alguém muito querido vem a falecer, percebemos como a vida é breve, e como ela pode acabar para qualquer um. Ela não faz distinção de raça, religião, visão política. Um dia a morte vem para todos.
E você, o que terá feito até então quando for a sua vez? Será que você terá dado o melhor de si para o Senhor, ou passou sua vida no piloto automático, deixando a vida passar sem se importar nem mesmo com sua vida espiritual?
Muitas pessoas só se lembram que tem uma vida espiritual quando estão muito próximas da morte em um leito de hospital, ou quando intercedem por alguém que está na mesma situação. Então prometem para Deus que irão se dedicar na vida espiritual se Ele as curar ou curar a pessoa enferma. Assim que a cura chega, elas se esquecem de tudo o que prometeram e deixam o Senhor de lado.
Se você tem algo para fazer para Deus, faça hoje, pois o dia de amanhã não lhe pertence. Tudo o que você quiser realizar para agradar ao Senhor, só poderá ser feito no dia de hoje. Nem todos os nossos planos a longo prazo poderão se realizar, somente se Deus quiser.
Leia a parábola que Jesus contou para os discípulos e fique com essa reflexão para a sua vida hoje: "A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; e ele arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; e direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus." Lucas 12:16-21

Quando não obedecemos a voz de Deus

"Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome e tu serás uma bênção." Gênesis 12:1,2
O Senhor é um Deus que abençoa, porém para receber a bênção de Deus, precisamos antes de tudo aprender a obedecê-lo.
Quando Ele nos dá uma ordem com uma promessa de bênção e o obedecemos, tudo é feito assim como Ele diz.  
Abrão ouviu o Senhor lhe falando para sair da terra onde vivia, do meio de seus parentes, da casa de seu pai e ir à terra que o Senhor lhe mostraria, onde ele seria grandemente abençoado.
"E tomou Abrão a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e toda sua fazenda, que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Harã; e saíram para irem à terra de Canaã; e vieram à terra de Canaã."(Gênesis 12:5)
Abrão obedeceu saindo da cidade de Harã, onde vivia, mas desobedeceu levando consigo seu sobrinho Ló, pois o Senhor lhe mandou sair do meio de sua parentela, então nesse caso ele também não deveria levar nenhum parente. Se assim fosse, o Senhor lhe diria.
Ficou em Canaã por algum tempo, depois se destacou para outras cidades e enfim desceu ao Egito, pois a fome assolava a terra onde Abrão estava.
O que Abrão não se deu conta, é que o Senhor não havia lhe dado ordem para descer ao Egito.
Abrão já havia estado em Canaã, onde Deus lhe havia confirmado uma promessa, que estava ligada também a primeira promessa sobre fazer dele uma grande nação:"E apareceu o Senhor a Abrão, e disse: À tua semente darei esta terra."(Gênesis 12:7a)
Por causa da fome na região onde Abrão se encontrava, ele foi para o Egito. Mas o que teria acontecido se Abrão permanecesse onde estava e confiasse que o Senhor lhe supriria em tudo e não deixaria que nada lhe faltasse?
Ele certamente não teria passado pelo que passou. Veremos agora a trajetória de Abrão: Chegando ao Egito, teve medo de ser morto pelo povo daquele lugar se declarasse que Sarai era sua esposa, porque ela era muito bonita e pensou que o matariam para ficar com ela. Então, Abrão convenceu a Sarai a dizer que na verdade ela era sua irmã!
O Faraó do Egito, encantado com a beleza de Sarai, pegou-a e a levou para sua casa!
Esse é um exemplo do que acontece quando decidimos agir do nosso modo, quando Deus nos dá uma ordem seguida de uma promessa de bênção e resolvemos fazer as coisas do nosso modo.
Abrão teve sua esposa devolvida, depois que Faraó descobriu que na verdade eles eram casados. E assim Abrão se foi do Egito com sua esposa e seu sobrinho para Betel.
Em Betel, mais problemas. Como Ló, e Abrão eram criadores de rebanhos, tomavam a terra para suas criações:"E não tinha capacidade a terra para poderem habitar juntos; porque a sua fazenda era muita; de maneira que não podiam habitar juntos. E houve contenda entre os pastores do gado de Abrão, e os pastores do gado de Ló." (Gênesis 13:6,7a)
Abrão por fim, teve que se separar de seu sobrinho para não complicar mais as coisas:"Então Ló escolheu para si toda a campina do Jordão, e partiu Ló para o Oriente, e apartaram-se um do outro. Habitou Abrão na terra de Canaã, e Ló habitou nas cidades da campina, e armou as suas tendas até Sodoma." (Gênesis 13:11,12)
Com estes exemplos da vida de Abrão podemos perceber o que acontece quando cumprimos apenas parte do que Deus nos manda: complicamos nossa vida!
Abrão teve vários problemas, por obedecer à Deus parcialmente.
Deus, como foi dito no princípio é um Deus que nos abençoa. Mas ser fiel à Ele, quando Ele nos dá uma ordem com promessa de bênção, é essencial para a nossa paz de espírito, e em todas as áreas de nossa vida.
Como está sua vida hoje? Tem recebido o que Deus tem lhe prometido? Tem sido obediente à voz de Deus?
A obediência é a chave que abre a porta da bênção de Deus em nossa vida.
"E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus." (Deuteronômio 28:2)

Você pode resistir

"Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar."(1Coríntios 10:13)
Você já parou para pensar que a tentação é como uma maçã envenenada? A aparência é a melhor possível, prometendo prazer imediato mas sem nenhuma garantia após ter sido provada que aquilo que você fez trará algum benefício real e duradouro. Aliás, garantia é algo que não existe quando o assunto é ceder à tentação.
Alguns dizem: "eu não resisti, foi mais forte do que eu!" Mas podemos compreender melhor pela palavra de Deus, que as coisas não funcionam bem assim.
A tentação é algo humano, não é sobrenatural, e todos nós, todos os dias somos tentados por coisas que estão justamente ao nosso alcance.
Somos tentados exatamente naquilo que cobiçamos:"...cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte." (Tiago 1:14,15)
A tentação vem como uma resposta que parece resolver o problema da nossa própria cobiça, dos nossos maus desejos e intenções. Ela atrai e seduz com a promessa que "não faz mal, todo mundo faz, o que é que tem, é só uma vez..." Assim são as desculpas sem fim, quando depois de iludidos com suas promessas e convencidos que vale a pena ceder.
Ser tentado não é pecado. O pecado está justamente em ceder àquilo que nos trará consequências e que principalmente martelará em nossa mente o sentimento de culpa e vergonha constantemente.
Quantas pessoas você conhece que dariam tudo o que tem se pudessem voltar atrás, e não cair na tentação que não resistiram e que mudou o rumo de suas vidas para pior?
Geralmente se usa o termo "cair em tentação", que vem da oração ensinada pelo nosso Senhor Jesus (Mateus 6:13), porque é exatamente isto que a tentação faz com aquele que cede: ela o faz cair. Cair em desolação, cair em tristeza, cair em culpa e remorso. O poço para alguns pode ser mais profundo, e de queda em queda, a cada dia acabam se convencendo que não tem como resistir a tentação, que a vida é assim mesmo com todo mundo, que agora não há mais chance de sair da situação em que se encontra. Não caia nessa armadilha! 
Quando uma pessoa cai em adultério, diz que não teve chance de se defender da tentação, mas na verdade, o que aconteceu foi que ela não resistiu quando foi tentada. Um dia aceitou convite para almoçar com uma amiga do trabalho, mesmo sendo um homem casado. Dias depois saiu com a secretária e mentiu para a esposa que estava em uma reunião no escritório. E quando menos pensou, já havia consumado o fato e transtornado seu casamento.
Será que não poderia ter resistido ao primeiro encontro? Ter recusado sair a sós com uma mulher que não era sua esposa e ainda escondido?
A resposta é sim, podia, mas foi atraído e seduzido pela sua própria cobiça.
A cobiça de possuir algo que é ilícito, de se entregar a um vício, de fazer algo imoral mora no coração:"Porque do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias." (Mateus 15:19)
O nosso cuidado deve estar justamente no coração. O que estamos guardando dentro dele ultimamente?
"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida." (Provérbios 4:23)
Da próxima vez que você for tentado, resista. Lembre-se que a tentação não é algo sobrenatural ou fora do normal, e que ela não é mais forte do que você e seu poder de discernir entre o bem e o mal.
Quando se vir tentado a navegar em páginas pornográficas pela internet, retornar ao vício do cigarro, bebida, drogas, prostituição, fofocar sobre a vida de todo mundo, ou seja lá qualquer que seja a área onde você é mais tentado e atacado, diga não. Você não é obrigado a seguir o que a tentação lhe sugere, porque ela é péssima em sugestões. Os resultados de suas sugestões são pecado e morte.
Pode não ser uma morte física o que vai lhe acontecer depois de ceder, mas estar morto espiritualmente é realmente se tornar um morto-vivo!
A tentação vem e passa se você resistir, mas se você não resistir, ela vem e as consequências e a culpa ficam.
Peça para Deus, em nome de Jesus lhe dar forças para resistir, e você vai desfrutar da paz de Deus em sua vida. Não espere que seja tarde para dizer não, e depois de ter se deixado levar pela tentação, ouvir arrependido estas palavras do Senhor:"Ah, se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos! Então seria a tua paz como um rio, e a tua justiça como as ondas do mar." (Isaías 48:18)

Sorteio do livro Mulheres Que Edificam

"Edificar um lar abençoado é a proposta de Deus para suas filhas.
Mulheres Que Edificam é um convite à você que deseja intensamente construir um lar segundo o projeto de Deus".
Quer ganhar um exemplar do livro Mulheres Que Edificam, de Adriana de Paula? Então participe do sorteio pelo Facebook. Basta curtir a página de  Adriana de Paula , compatilhar a imagem do sorteio AQUI e clicar na aba de Sorteio em "Quero participar" .


O sorteio será realizado dia 20 de novembro. Então, guarde esta data!

A pessoa sorteada receberá o livro Mulheres Que Edificam, enviado diretamente pela escritora Adriana de Paula.

O blog Princesas de Deus se reserva apenas a divulgação do sorteio.

Siga o Twitter da autora e divulgue para suas amigas com a seguinte frase:

"Sorteio do livro Mulheres Que Edificam de @adrianadipaula . Participe! http://bit.ly/R5KVqO "


Perdendo tempo

"Assim fala o SENHOR dos Exércitos, dizendo: Este povo diz: Não veio ainda o tempo, o tempo em que a casa do SENHOR deve ser edificada." Ageu 1:2
No tempo do profeta Ageu, o Senhor revelou o que o povo dizia a respeito da casa Dele. Enquanto cada um se preocupava apenas em cuidar da própria casa, a casa de Deus estava desolada, destruída.
Ainda assim, não pesava na consciência do povo saber que nada estavam fazendo pela casa de Deus.  Ao contrário, enquanto o Senhor protestava por não estarem preocupados em edificar a casa do Senhor,cada um cuidava somente do que era seu.
O povo não percebia que estava perdendo tempo. Eles não percebiam que a negligência com a casa de Deus os fazia perder tempo tentando obter o melhor para si mesmos sem conseguir, pois eles semeavam e colhiam pouco, comiam e não se fartavam, bebiam e não se saciavam, se vestiam mas não ficavam aquecidos, e quem recebia salário o recebia como se fosse num saco furado.(Ageu 1:2-6)Tudo isso porque estavam mais preocupados em cuidar da própria casa, que da casa do Senhor.
Cuidar da própria casa não é errado, errado é tornar isso uma idolatria a ponto de se esquecer do templo do Senhor. Era esse o pecado daquele povo, estavam se esquecendo do templo e não percebiam que estavam perdendo um tempo precioso, pois poderiam estar agradando à Deus edificando sua casa, que certamente o Senhor lhes daria todo o necessário. Todos pensavam que ainda não era tempo de edificar a casa de Deus, afinal, quando esse dia chegaria então, já que o povo não estava nem um pouco preocupado?
"Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas."Lucas 12:31
Quando nos preocupamos apenas conosco mesmas, deixando de lado a vontade do Senhor (que é "buscai antes o reino de Deus", Lucas 12:31a) infelizmente perdemos todo nosso tempo correndo atrás de coisas que julgamos ser em nosso benefício.
Hoje, o templo a ser edificado para o Senhor, somos nós mesmas. E o que estamos fazendo com esse templo? Será que não estamos perdendo tempo com coisas que consideramos mais importantes que edificar um templo espiritual para Deus? E está mesmo valendo a pena dedicarmos todo o nosso tempo para nossa própria realização, deixando a parte mais importante de lado?
Quando as coisas não vão bem, há situações e circunstâncias das quais não estamos livres de viver e que nos envolvem, mas há situações que nós mesmas provocamos e depois perguntamos para Deus o que está acontecendo! O Senhor nos diz o mesmo que disse para o povo através do profeta Ageu 1:5 "Ora pois, assim diz o Senhor dos Exércitos:Aplicai os vossos corações aos vossos caminhos."
Veja que caminho você anda trilhando, perceba a que distância você está na busca do reino de Deus.
Se seu templo espiritual anda abandonado e triste, não perca mais tempo. O povo que foi repreendido pelo Senhor através do profeta Ageu não ficou parado, mas se apressou em edificar a casa do Senhor.
Que o Senhor possa falar do seu templo espiritual o mesmo que disse sobre seu próprio templo depois de edificado:"A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos."Ageu 2:9

Vivendo com sabedoria

"Porque eu vos darei boca e sabedoria a que não poderão resistir nem contradizer todos quantos se vos opuserem." Lucas 21:15
Com nosso contato diário com o Senhor, adquirimos através da sua palavra sabedoria. Uma sabedoria tal que o mundo não conhece e não pode se opor com seus argumentos.
Pela sabedoria, a mulher pode manter a harmonia do seu lar:"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos."Provérbios 14:1
Essa sabedoria é algo que se adquire:"A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento." Provérbios 4:7
 A sabedoria é útil por toda a vida:"Porque a sabedoria serve de defesa, como de defesa serve o dinheiro; mas a excelência do conhecimento é que a sabedoria dá vida ao seu possuidor." Eclesiastes 7:12
Quem já viveu muito na presença do Senhor, certamente a tem:"Com os idosos está a sabedoria, e na longevidade o entendimento." Jó 12:12
"Porém onde se achará a sabedoria, e onde está o lugar da inteligência?" Jó 28:12
 Temos a resposta aqui:"Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é a inteligência." Jó 28:28b
Quem quiser sabedoria, peça ao Senhor:"Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento." Provérbio 2:6
Uma palavra de sabedoria pode ajudar uma pessoa a não tomar uma decisão errada. Seja você a possuidora dessa palavra:"A minha boca falará de sabedoria, e a meditação do meu coração será de entendimento."Salmo 49:3

Não sinta inveja

"Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos. Pois eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios." Salmo 73:2,3
A inveja é um dos sentimentos mais fingidos que um ser humano pode ter. Fingido porque quem tem inveja, nunca admite, tenta disfarçar mas nunca afirma que está na verdade sentindo inveja.
Mesmo o cristão, não está livre de ter este sentimento. Quantas vezes olhamos para a vida das outras pessoas que não servem à Deus e pensamos:"Ele não faz nada para agradar à Deus e tem tudo o que quer, e eu aqui neste sofrimento..."
Neste momento, o sentimento de inveja se hospeda no coração, misturado com a amargura de não possuir o que os outros possuem.
A inveja é um sentimento muito camuflado, e mesmo quem a sente, mente para si mesmo.
Ela vem sempre acompanhada pela amargura, raiva e tristeza.
Quem sente inveja se torna amargurado por não possuir o que gostaria, apesar de seus esforços. Fica com raiva por ver a prosperidade do próximo, até mesmo daquele que não serve à Deus e enfim cai em tristeza.
Percebe como a inveja é ruim para o coração?
A Palavra de Deus nos ensina a não dissimular esse sentimento: "Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade." (Tiago 3:14)
Se você não consegue se alegrar com o sucesso do próximo, e tem sempre  uma crítica quando vê que alguém está escalando degraus mais altos na vida, você pode estar sendo atacado pela inveja. Não minta para você mesmo: confesse à Deus e livre-se desse sentimento, porque a inveja nunca está sozinha, vem sempre acompanhada.
Asafe, no Salmo 73 declarou que sentia inveja dos que não servem à Deus, quando via que eles prosperavam, mas algo aconteceu e ele disse:"Até que entrei no santuário de Deus: então entendi eu o fim deles."(Salmo 73:17)
Somente depois de entrar na presença de Deus, Asafe compreendeu que ter inveja dos que não servem à Deus, não o levaria à lugar algum, pois os que não servem o Senhor não terão o mesmo destino dos que o servem.
A inveja o amargurou de tal maneira que ele disse:"Na verdade que em vão tenho purificado o meu coração e lavado as minhas mãos na inocência."(Salmo 73:13)
Não permita que a inveja lhe torne uma pessoa ingrata diante do Senhor, que tem lhe abençoado. A sua vida na presença de Deus não é em vão, o trabalho que você realiza para Deus não é em vão.
O invejoso ainda corre o risco de sofrer por falta de fé, pois passa a não acreditar que o Senhor pode lhe abençoar tanto quanto abençoa aos outros:"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe: porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:6)
Livre-se da inveja, ela não lhe trará nenhum benefício, e não se esqueça da promessa que o Senhor faz para os que são seus:"Mas, como está escrito:As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam." (ICoríntios 2:9)

A mulher cristã e o feminismo

"E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou." Gênesis 1:27
A mulher cristã pode dizer que vive nadando contra a maré quando o assunto é feminismo.
O feminismo atual prega que a mulher deve ser igual ao homem. Em primeiro lugar, o Senhor não criou seres iguais. O homem tem suas características próprias que uma mulher não tem, e vice e versa.
A respeito dos direitos, como cidadãs realmente as leis podem falar melhor sobre isso, dando à mulher direito ao salário maternidade, estudo em universidades e em várias áreas. Praticamente há poucas proibições no que diz respeito ao trabalho, pois hoje em dia as mulheres já atuam em muitas áreas antigamente consideradas masculinas.
O que não é aceito pelo feminismo, é a mulher ter seu lugar próprio dentro da família e o homem também ter o seu papel, sem que a ordem deles seja invertida ou alterada.
Para o homem o Senhor diz:"No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás." Gênesis 3:19
Está na responsabilidade do homem ser o provedor do lar, ainda que sua esposa trabalhe, ele como cabeça da família não pode deixar de assumir o seu papel.
"Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo." 1 Coríntios 11:3
Muitas mulheres, mesmo as servas de Deus, tem dificuldade em assumir que o homem é o cabeça da mulher, porém se esquecem que isso não quer dizer que ele tem autoridade de fazer tudo o que quiser sem se importar com os sentimentos de sua esposa e com o que ela pensa a respeito.
O Senhor colocou sobre a mulher casada o homem como cabeça, mas isso não significa que a mulher seja a cauda!
O fato, é que a mulher tem seus deveres dentro do lar que ainda que seu esposo seja muito compreensivo e divida com ela as tarefas, ela deve compreender que essa é a parte que lhe cabe dentro da organização da família no casamento.
O melhor exemplo que temos de uma mulher que sabia que parte lhe cabia dentro do casamento é a mulher virtuosa de Provérbios 31:10-31:"Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo.Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos.Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão.Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas.Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos.Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca.Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado.Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata.Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura.Seu marido é conhecido nas portas, e assenta-se entre os anciãos da terra.Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores.A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro.Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva.Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente!Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada.Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas."
Ela cumpria o seu papel de mulher, esposa e mãe e ainda tinha vida profissional, era admirada pelo seu esposo, fazia negócio e era querida pelos seus filhos.
Então, porque temos que ser iguais aos homens, se Deus nos fez diferentes com necessidades e habilidades diferentes?
Servas de Deus, não precisamos das idéias do feminismo, o que precisamos é da orientação do Senhor, pois Ele é o criador da família, e não criou uma instituição falida e cheia de transtornos. São nossas atitudes que determinam o bem estar de nossas famílias. A mulher tem sua parte de responsabilidade e o homem também. Cada um cumprindo a sua não fica pesado para ninguém. A mulher é ajudadora do homem, não o seu fardo, e o homem é o cabeça da família, não o ditador autoritário.
"Não obstante, vós, cada um de vós em particular também ame a própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite ao marido." Efésios 5:33

A mulher rixosa

"É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça." Provérbios 21:19
Sabe aqueles dias em que você está insuportavelmente irritada e não se importa em passar para todos que lhe rodeiam como você está se sentindo por causa do seu comportamento alterado? Cuidado, você está a beira de se tornar uma mulher rixosa.
Há mulheres cristãs que não admitem que fazem parte deste clube: o clube da mulher rixosa.
Reclamam de tudo, nunca estão satisfeitas, irritam até mesmo seus próprios filhos e o esposo então é o que mais sofre quando a esposa é uma mulher rixosa.
Esse é um assunto tão sério mas tão desprezado por muitas mulheres de Deus, que o Senhor diz:"É melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira em casa ampla uma mulher briguenta." Provérbios 21:9
Imagine só um homem desejar morar num cantinho do que em uma casa grande com a mulher briguenta! Isso mostra como o comportamento da mulher rixosa transtorna um lar. Ninguém tem prazer de estar com ela, porque sabe que todo o tempo ela estará reclamando, murmurando, procurando um modo de começar uma discussão.
"O gotejar contínuo em dia de grande chuva, e a mulher contenciosa, uma e outra são semelhantes." Provérbios 27:15
Ela é irritante em tudo o que diz, e muito repetitiva, reclamando sempre das mesmas coisas todos os dias.
Talvez você pense:"Mas eu tenho motivos para reclamar!" E por acaso reclamar está mudando as situações que lhe irritam? Se a resposta for não, então é hora de mudar de atitude.
Não deixe que esse comportamento vicioso lhe domine e acabe com a harmonia do seu lar. Quando o marido não sente mais prazer em voltar para casa, porque sabe que vai encontrar uma mulher insuportável reclamando de tudo, ele não estará mais preocupado com a hora de chegar, porque já sabe o que o aguarda.
Se você for uma mulher rixosa não negue. Mude enquanto há tempo. Sua família não merece viver transtornada porque você não controla o mau humor.
Siga a recomendação do Senhor:"Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas." Filipenses 2:14
Sua família vai perceber, seu marido sentirá prazer de chegar em casa e você se sentirá muito melhor e sem estresse.
Diga adeus ao clube da mulher rixosa!
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...