Faça a melhor escolha hoje: Jesus.

Não dê ouvidos à multidão

"Não seguirás a multidão para fazeres o mal; nem numa demanda falarás, tomando com a maioria para torcer o direito." Êxodo 23:2
Vivemos numa sociedade onde os bons exemplos são ridicularizados e os maus exemplos são exaltados como se fossem os melhores a serem seguidos.
Para quem assiste novela, já não é mais novidade quando a mocinha da trama se envolve com outro homem mesmo estando casada, e apesar de estar em adultério, a maioria do público torce para que ela seja feliz com o amante!
Isto não acontece somente nas novelas, nos filmes os exemplos não são os melhores. Filhos rebeldes que desafiam os pais e dão a última palavra. Pais submissos que acobertam as coisas erradas que os filhos fazem e ainda dizem que fazem isso por amor.
Nem as crianças estão livres desse pensamento que aquilo que é errado deve ser chamado de certo. Nos desenhos é muito comum encontrar a personagem que faz maldade sendo aplaudida como herói.
E nós, o que faremos com tantas vozes nos dizendo que o que é errado é certo, porque a maioria pensa que é assim?
O Senhor nos dá um conselho valioso neste versículo do livro de Êxodo 23:2, e nos alerta a não seguir a multidão para fazer o mal.
Alguns pensam: "mas não há mal algum em se assistir uma novelinha, ou um filme de violência e rebeldia, o que um desenho faria para uma criança?" Nossas idéias podem se formar a partir das coisas que assistimos também.
Alguns autores de novelas costumam dizer estas duas frases a respeito daquilo que escrevem que vira uma trama no horário nobre: a vida imita a arte, a arte imita a vida.
Com isso, querem dizer que a vida imita exatamente o que é passado nas novelas e também as novelas retratam o que se passa no dia a dia das pessoas. Percebemos então, que os exemplos da vida das pessoas não são os melhores a serem seguidos.
Como é que poderemos dar bom testemunho de nossa vida cristã, seguindo o que diz a multidão? Se a multidão ao menos fizesse o bem, seria um bom exemplo a ser seguido, mas nós sabemos que não é isso que acontece.
Um ditado extremamente mentiroso que muitas pessoas repetem é este: "A voz do povo é a voz de Deus." Definitivamente, isso é uma grande mentira. Se a voz do povo fosse realmente a voz de Deus, o mundo não estaria como está.
As pessoas confundem liberdade com libertinagem, prazer com auto-destruição, livre arbítrio com instinto. E depois que a vida está de ponta cabeça, ainda querem culpar Deus! Afinal, quem fez estas escolhas, elas ou Deus?
Se você quer um bom conselho, não siga o que diz a multidão. Continue dando bom testemunho de Cristo nas suas atitudes, ainda que alguns digam que é ridículo você viver conforme a palavra de Deus num mundo tão moderno. 
Você é ovelha de Cristo, não do mundo. Pare de ouvir as vozes da multidão e ouça a voz do Senhor: "As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem." João 10:27
 

O silêncio do marido

"Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida." Provérbios 31:12
A casa está arrumada. As almofadas sobre o sofá compõem o ambiente de harmonia das cores, o tapete da sala está devidamente varrido, não há louças sujas sobre a pia e o banheiro está em seco e em ordem. No quarto, as fronhas combinam com a colcha de cama. Tudo está organizado.
Seu marido chega e não percebe coisa nenhuma. Aliás, ele nunca comenta a respeito da organização da casa.
Algumas mulheres ficam frustradas com esse comportamento da parte do marido, mas é porque ainda não entenderam que o silêncio do marido nesta parte é um bom sinal!
O homem não é realmente educado para prestar atenção nos detalhes domésticos. Certamente, foram educados por uma mãe que fazia tudo em casa, ou tinham irmãs que cuidavam da limpeza e talvez sua parte fosse apenas a de dobrar o pano da cama e não jogar seus tênis pela casa. Desde cedo, é bom educar filhos homens para que não sejam aqueles que fazem a bagunça, mas que se responsabilizem por sua parte não bagunçando a casa para outras pessoas limparem.
Você pode pensar: "mas se ele não comentou nada, significa que ele não gostou ou que ele nem notou que eu organizei a casa!"
Um homem passa a falar a respeito da casa e da sua organização, quando a esposa com quem é casado é negligente. Já pude presenciar cenas em que o marido dizia na frente de todos o que o incomodava quando chegava em casa, da falta da janta pronta no horário, das louças que acumulavam na pia. Isso para a mulher é vergonhoso, pois cada um tem seu papel dentro do lar. Se seu marido trabalha fora e você somente em casa, e ainda assim você espera que quando ele chegue ele lave todas as louças acumuladas na pia, organize a cozinha e faça a janta, você está indo na contra-mão!
Um marido insatisfeito certamente vai falar o que o está incomodando dentro de casa, e quando ele falar, esse será para você um sinal de alerta. Se ele nunca encontra cuecas limpas, as camisas estão sempre amassadas no guarda-roupas e você se prontificou a ser responsável nesta parte e não está fazendo sua parte, então ele tem motivos para reclamar.
O marido que fica em silêncio quando a casa está toda organizada, não quer dizer que seja um marido mal agradecido ou desligado. O silêncio dele neste caso deve soar para você como um agradecimento, pois ele consegue se situar dentro do próprio lar sem ter que lhe chamar a atenção. 
A aprovação do marido para a esposa neste caso se dá com o silêncio. Ele não tem do que reclamar e por isso não irá fazer comentários. Isso significa que ele está casado com uma mulher competente, que não come o pão da preguiça.
Mas porque os homens não elogiam então quando a casa está em ordem? 
Imagine-se agora trabalhando em uma empresa. Cada funcionária está encarregada de digitar uma pilha de relatórios. Você faz assim como deve ser feito, encerra todos os relatórios e seu chefe não aparece para lhe agradecer pelo seu trabalho. Mas porque?
Simples. Quando casamos, temos responsabilidades dentro do lar. São coisas que automaticamente deverão ser feitas por nós, e nosso marido não estará de cinco em cinco minutos nos agradecendo por fazê-las, porque estas coisas já estão em nossa responsabilidade. Não é o seu marido que as colocou em suas mãos, mas já faz parte do casamento cada um assumir o seu papel.
Por acaso encontramos esposas dizendo todos os dias para seus maridos: obrigado por trabalhar, obrigado por trazer o sustento para nossa casa, obrigado por nunca faltar um dia no trabalho??? Certamente elas se sentem agradecidas, ainda que não digam, pois elas sabem que cabe ao homem ser o provedor do lar, ainda que elas trabalhem para ajudar nas despesas, cabe a ele trabalhar fora e sustentar a família. Esse é seu papel de marido.
Não se frustre mais. Se você arruma tudo e seu marido não lhe agradece, não pense que ele não se sente agradecido. Ele reconhece que você faz bem a sua parte, e como a mulher virtuosa, você lhe faz bem e não mal todos os dias da sua vida.
Se seu marido falar, fique atenta. Mas se ele ficar em silêncio depois que você colocou toda a casa em ordem, sinta-se feliz! Nem sempre a aprovação vem com palavras, mesmo o silêncio pode dizer muitas coisas!

Série: O discípulo e o crente - Parte 45

• Ao crente é pregada somente a salvação pelo Sangue de Jesus; O discípulo toma a Santa Ceia e anuncia às potestades do ar a vitória de Cristo sobre elas, para a Glória de Deus.
 "Sujeitai-vos portanto a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." Tiago 4:7
O que mais vemos nos dias de hoje são crentes fugindo do diabo. O que não sabem na verdade, é que não precisam fugir dele, pois aquele que se sujeita à vontade de Deus, faz com que o diabo automaticamente fuja!
Nós temos o poder de colocar o inimigo em fuga, acredita!
A partir de hoje, ao invés de dizer que está sofrendo retaliação do inimigo e que ele a está atacando, concentre-se nas suas próprias atitudes.
Você realmente tem sido obediente a Deus? Tem feito a vontade do Senhor ou somente a sua própria vontade? Você está se sujeitando ao que Deus lhe manda fazer, ou está fazendo tudo pela metade somente para não dizer que está desobedecendo completamente?
Algumas pessoas resistem ao diabo, e ainda assim são atacadas, porque não estão se sujeitando a Deus em primeiro lugar. Este é o segredo em 2 passos e o 3º passo é a conclusão de ser fiel:
 
1º Sujeitar-se a Deus;
2ª Resistir ao diabo;
3ª Como consequência, o inimigo foge de nós!

Não vai adiantar apenas você resistir ao diabo se o seu coração não tem disposição de se submeter a Deus.

Na próxima postagem da série O discípulo e o crente, veremos O crente segue tentando limpar-se para ser digno de Deus; o discípulo não se olha mais e faz a obra na fé de que Cristo já o limpou. 

Fique ligada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...