Faça a melhor escolha hoje: Jesus.

O vínculo da perfeição

"O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor." Romanos 13:10
Quando pensamos no amor, pensamos nele como sendo o melhor sentimento que um ser humano pode ter na vida.
As qualificações do amor são muitas: "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, o amor nunca falha." (1Coríntios 13:4-8a)
O amor é mesmo o sentimento chave de todos os outros bons sentimentos que temos.
Saber que o amor não faz mal ao próximo é saber como lidar com as pessoas com quem convivemos. Você não faria mal às pessoas por quem você tem amor!
Quando amamos alguém, queremos somente o seu bem e que nada a afete. Mas e quando esse alguém é da nossa família e nos magoa? Conseguimos manter o mesmo pensamento?
Falar de amor é algo muito fácil, mas viver de maneira amorosa mesmo com quem nos magoa e critica é o maior dos desafios.
Assim que um coração se torna amargurado, a porção de amor que ele tem para dar se torna mais escassa fazendo com que suas atitudes não sejam as esperadas de alguém que serve ao Senhor e muito menos de alguém que ama.
Deus quer que nossas atitudes sejam diferentes. O amor tudo suporta, mesmo afrontas.
O amor que sentimos tem essa capacidade, de esperar e suportar? 
Todos os conflitos que enfrentamos poderiam ser menores se soubéssemos como agir em amor, ao invés de agir de modo agressivo, autoritário e arrogante.
O que podemos aprender hoje com o Senhor, é que o amor é o único sentimento capaz de transformar todos os outros sentimentos que temos.
Mas para que essa transformação ocorra, depende da nossa disposição. Somente você pode amar para que as coisas mudem, não pode deixar que alguém ame em seu lugar para que as situações sejam contornadas. Não fique esperando que as outras pessoas mudem de atitude em relação ao amor para que tudo se resolva, seja você a primeira a dar o primeiro passo!
Antes de cobrar amor das outras pessoas, veja se você também não está falhando nessa parte, se suas atitudes não demonstram mais um sentimento egoísta que um sentimento de amor.
Fazer o bem para alguém somente para conseguir benefícios não significa amor. Sabe porque? Porque o amor não busca os seus próprios interesses!(1Coríntios 13:5b)
Aquele que ama verdadeiramente, sente prazer em ajudar ainda que não receba nada em troca. Jesus mesmo já havia dito:"Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber." (Atos dos Apóstolos 20:35)
Tentamos fazer o nosso melhor em várias áreas da vida. O amor deveria ser a parte principal a ser aperfeiçoada em nós. Deveríamos nos preocupar mais em nos revestir de amor do que de qualquer outra coisa na vida:"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição." (Colossenses 3:14)
O que acontece muitas vezes quando somos feridas por aqueles que amamos e que são da nossa família, é que nos esquecemos desse princípio do amor. Pensamos o quanto estamos sendo injustiçadas e nossa primeira atitude é agir de modo áspero, nos esquecendo que o amor não faz mal ao próximo, nem mesmo quando é ferido.
O amor é o vínculo da perfeição, então concluimos que aquele que quando é ferido deseja em seu coração se vingar, não é perfeito em amor. Ainda não compreendeu qual é a verdadeira essência do amor.
Deus não nos chamou para a vingança, ela nem mesmo nos pertence: "Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor." Romanos 12:19
Não significa que você não possa ficar chateada com uma situação quando é ferida, o que não é aceitável é você tomar essa situação para se irar a ponto de se vingar. Ficar irada é o que se espera de uma mulher ferida, mas de uma serva de Deus, o que se espera é que após esse momento ela saiba perdoar e voltar a amar novamente.
Não deixe as suas atitudes serem pautadas nas atitudes alheias. Nem todas as pessoas sabem amar com perfeição. Se toda vez que você for ferida, magoada se lembrar que o amor não faz mal ao próximo a vingança estará longe do seu coração. 
O Senhor quer nos aperfeiçoar, e para isso temos que aprender a amar como Ele ama. Parece difícil? É difícil quando não queremos abrir mão da nossa natureza egoísta. Mas assim que entregamos em suas mãos a nossa incapacidade de amar em meio a dor, Ele então começa a agir.
Deus não nos manda pagar a afronta na mesma moeda: "Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos." (1Tessalonicenses 5:15)
Quando você se vinga, dá um mal testemunho diante daqueles que poderiam aprender sobre o amor de Deus com a sua atitude:"Porque melhor é que padeçais fazendo bem (se a vontade de Deus assim o quer), do que fazendo mal."(1Pedro 3:15)
Não deixe que as atitudes ásperas mesmo das pessoas de sua família, moldem como você deve se comportar.
Quem quer ser perfeito em amor não pode perder o foco principal que é agradar à Deus. Quando você age no mesmo nível de quem lhe ofendeu, você age na carne, com sua própria natureza. Isso não será bom nem mesmo para você, sabendo que:"Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus." (Romanos 8:8)
Procure agradar à Deus em toda sua maneira de viver, através das atitudes com àqueles que não são tão amorosos com você como você é para eles.
Lembre-se que o amor é vínculo da perfeição e que:"Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele." (1João 4:16b) 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e deixe o link de seu site ou blog para eu fazer uma visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...